Charlie Brown Jr


Banda com um estilo muito próprio, fundada em Santos, 1992, mesclando estilos musicais como o reggae, hip-hop e rock, e com uma pontada do universo do skate e surf, onde apresentam diversas criticas a sociedade.
Marcada principalmente por ter chegado ao sucesso sem perder sua identidade, a banda começou em um simples bar, quando Chorão substituiu o vocalista para este ir ao banheiro. Desde então formou-se uma nova banda chamada “What’s up”, e por fim Charlie Brown Jr. O motivo do jr no final é que a banda, se consideram filhos de bandas como Raimundos, Red Hot Chili Peppers, Nirvana.
Pelo fato de mesclar tantos estilos, é realmente difícil achar alguém que não goste de pelo menos uma música desta banda, pois estas foram feitas pra dar lições para aqueles que não tiveram certas experiências. Acho muito interessante as histórias que se consegue extrair das musicas, por que a grande maioria de suas músicas apresenta um bom ritmo e conteúdos excelentes.
Seus principais sucessos são: Ela vai voltar, Te levar, Senhor do Tempo, Zoio de lula, Não é sério, Pontes Indestrutíveis.

Site Oficial: http://charliebrownjr.uol.com.br/blog/categoria/noticias/

Download: Todos os álbuns disponíveis: http://www.4shared.com/dir/10149867/c925497d/Discografia_CBJr.html



3 comentários:

!rodrigo! disse...

interesante seu blog
http://rodyjucy.blogspot.com/

spaanderman blog disse...

mto bom o blog de vcs " taum de parabens ! :D

Alan Salgueiro disse...

Resumir os sucessos do CBJr. a apenas essas citações que fecham o post é um trabalho no mínimo árduo, os caras já colocarm 4, 5 músicas em determinmados álbuns...
Continuo gostando do som, acho que eles se acertaram com a nova formação. O cd "tamo aí na atividade" é uma espécie de Nostradamus da discografia da banda: a qualidade é baixíssima, os clichês de repetiam e dava um prenúncio de que algo ali poderia ser radicalmente mudado. Aí a volta de Thiago e a entrada de Heitor e Pinguim, o polêmico Chorão pra manter a identidade e o CBJ. perdeu peso e manteve sua qualidade da época do fim dos anos 90/ início dos 00 mesmo sem ter a representatividade e o espaço de antigamente.